Proclamação da República

fev14

Uma boa maneira de eternizar os melhores momentos de uma viagem é fotografar. E cada vez mais os smartphones evoluem suas câmeras pensando nestes momentos. Mas você sabe como aproveitar a câmera de seu celular e bater ótimas fotos?

Não basta apenas apontar e clicar.

Mas, também não precisa ter um curso técnico de fotografia antes de sair de férias.

Alguns cuidados, se observados, trazem ótimos resultados.

Separamos algumas dicas para você arrasar nas fotos de verão.

05 dicas para conseguir boas fotos com o celular

Os smartphones vieram para revolucionar nossas vidas.

Com suas inúmeras ferramentas, facilitam e auxiliam nossa vida profissional e pessoal.

E quando se fala em câmera fotográfica isso fica ainda mais evidente. Basta tirar o telefone do bolso e aquele momento se eterniza.

Mas, para que tudo saia como você programou, aqui vão algumas dicas excelentes para fotografar com o celular.

Limpeza da lente

A foto é a transferência da luz e sombra para uma chapa de sensores que fazem a leitura dos contrastes e geram a fotografia.

Porém, antes de chegar na chapa, a luz e sombra passam pela lente que, por sua vez, se estiver suja vai passar esta sujeira para a foto.

Um simples passada da lente na sua roupa já pode resolver. Mas evite tecidos ásperos e objetos eu gerem atrito.

 Sua luz, sua foto

Como vimos anteriormente, a foto é formada a partir do reflexo da luz proveniente no objeto que a ser fotografado.

Ou seja, onde há luz, há foto.

Se a sua intenção é fotografar alguém, atente para a incidência de luz: se houver mais luz atrás dela, haverá sombra no seu rosto.

Como bater uma foto de dentro do quarto do hotel visando mostrar a pessoa na janela e a praia atrás dela. A luz do dia é mais forte que o interior do quarto.

Um alternativa é procurar o lado externo para equivaler a luz.

Cuidados com o Zoom

Na verdade, o zoom digital não aproxima você do objeto, mas, criar uma perspectiva recortada sobre o objeto a ser fotografo.

Ou seja, você continua na mesma distância, porém, a imagem se expande.

Isso significa pouca resolução e qualidade ruim.

Principalmente se houver pouca luz.

Uma boa alternativa é dar uns passos para frente e realmente se aproximar do objeto ou pessoa que será fotografada.

Vidro não é fotogênico

Isso acontece muito quando estamos dentro do quarto ou do carro: a paisagem é linda, então, você se aproxima da janela e bate a foto.

O resultado é uma foto com reflexos do interior do veiculo ou do quarto, menos da paisagem.

Principalmente se do lado externo houver menos luz que no interno (lembre-se do post acima).

Isso faz com que o vidro se transforme em um espelho.

Uma boa alternativa é aproximar o celular o máximo possível do vidro para que não haja incidência de reflexos.

Entenda as configurações da câmera

Em geral, os celulares apresentam configurações básicas, mas interessantes das suas câmeras fotográficas.

Entenda alguma delas:

Fotos de Celular - Pousada Pedra da Ilha

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

E você tem fotos aqui do Balneário de Penha?

Se já ficou aqui na Pedra da Ilha, aproveite para nos mostrar sua fotos, vamos adorar conhecer um pouquinho das suas recordações 🙂

 

nov14

Amanhã é feriado nacional, mas vocês sabe porque 15 de Novembro é a Proclamação da República?

Proclamação da República no Brasil ocorreu dia 15 de novembro de 1889 na Praça da Aclamação (atual Praça da República), na cidade do Rio de Janeiro, então capital do Império do Brasil, quando um grupo de militares do exército brasileiro, liderados pelo marechal Manuel Deodoro da Fonseca que veio a se tonar o primeiro presidente do Brasil, destituiu o imperador e assumiu o poder no país. O evento representou o início da Era Republicana e o fim da Monarquia Constitucional Parlamentar no país, instaurando um novo regime no país de governo presidencialista, pondo fim à soberania do imperador D. Pedro II.

Curiosidades sobre este dia histórico:

> O primeiro a dar o grito da República foi o sargento-mor e vereador de Olinda Bernardo Vieira de Melo. O militar lançou a proposta em 10 de novembro de 1710 porque estava insatisfeito com a exploração abusiva do país pelos monarcas portugueses. O pedido foi rejeitado.

> Deodoro havia decidido apoiar os republicanos quatro dias antes da proclamação.

Quando passou pelo portão do Ministério da Guerra, o marechal acenou com o quepe e ordenou às tropas que se apresentassem. As tropas se enfileiraram e ouviram-se o Hino Nacional. Estava proclamada a República. Não houve derramamento de sangue.

Depois de proclamada a republica ninguém queria levar o telegrama a D. Pedro II. Porém Sólon Ribeiro no meio da noite tirou o “ex-imperador” do Brasil da cama para avisá-lo do ocorrido.

Com medo de manifestações a favor da monarquia, os líderes do movimento pediam que D. Pedro II e sua família partissem naquela mesma madrugada. Dizem os relatos que a Imperatriz Tereza Cristina chorou, que Isabel ficou muda e que o Imperador apenas soltou um desabafo: “Estão todos loucos!”

> Antes de sua partida D. Pedro II escreveu uma mensagem: “Cedendo ao império das circunstâncias, resolvo partir com toda a minha família para a Europa amanhã […] Ausentando-me, conservarei do Brasil a mais saudosa lembrança, fazendo votos por sua grandeza e prosperidade.”

O Brasil é um país rico em historia e tradição.
E vocês, o que acham mais curioso no nosso país? Nos contem!

47 3261-8100
reservas@pedradailha.com.br
www.pedradailha.com.br
#amopedradailha